"Nascer, morrer, renascer, progredir sempre, tal é a lei."

Homenagem a Allan Kardec.



Allan Kardec

Allan Kardec


Nasceu em Lyon, França, no dia 3 de outubro de 1804 e desencarnou em Paris, no dia 31 de março de 1869. O seu verdadeiro nome era Hippolyte-Léon-Denizard Rivail. "Hippolite" em família; "Professor Rivail" na sociedade e "H-L-D. Rivail" na literatura. Desde os 18 anos mestre colegial de Ciências e Letras, e, desde os 20 anos renomado autor de livros didáticos. Suas obras espíritas foram escritas com o pseudônimo de Allan Kardec. Contava 51 anos quando se dedicou à observação e estudo dos fenômenos espíritas, publicou em 1857, "O Livro dos Espíritos" em 1861, "O Livro dos Médiuns" em 1864, "O Evangelho segundo o Espiritismo" em 1865 "O Céu e o Inferno" em 1868 "A Gênesis" e, mensalmente, de 1858 a 1869 a "Revista Espírita".





Mensagem da Semana


PAIS


"E vós, pais, não provoqueis a ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor." - Paulo. (EFÉSIOS, 6:4.)


       Assumir compromissos na paternidade e na maternidade constitui engrandecimento do espírito, sempre que o homem e a mulher lhes compreendam o
caráter divino.
       Infelizmente, o Planeta ainda apresenta enorme percentagem de criaturas malavisadas relativamente a esses sublimes atributos.
       Grande número de homens e mulheres procura prazeres envenenados nesse particular. Os que se localizam, contudo, na perseguição à fantasia ruinosa, vivem ainda longe das verdadeiras noções de humanidade e devem ser colocados à margem de qualquer apreciação.
       Urge reconhecer, aliás, que o Evangelho não fala aos embriões da espiritualidade, mas às inteligências e corações que já se mostram suscetíveis de receber-lhe o concurso.
       Os pais do mundo, admitidos às assembléias de Jesus, precisam compreender a complexidade e grandeza do trabalho que lhes assiste. É natural que se interessem pelo mundo, pelos acontecimentos vulgares, todavia, é imprescindível não perder de vista que
o lar é o mundo essencial, onde se deve atender aos desígnios divinos, no tocante aos serviços mais importantes que lhes foram conferidos. Os filhos são as obras preciosas que o Senhor lhes confia às mãos, solicitando-lhes cooperação amorosa e eficiente.
       Receber encargos desse teor é alcançar nobres títulos de confiança. Por isso, criar os filhinhos e aperfeiçoá-los não é serviço tão fácil.
       A maioria dos pais humanos vivem desviados, através de vários modos, seja nos excessos de ternura ou na demasia de exigência, mas à luz do Evangelho caminharão todos no rumo da era nova, compreendendo que, se para ser pai ou mãe são necessários
profundos dotes de amor, à frente dessas qualidades deve brilhar o divino dom do equilíbrio.


Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Emmanuel - Vinha de Luz


Programação Semanal

Segunda-feira: 20h00

- Estudo de: "O Livro dos Espíritos"

Quarta-feira: 14h00

- Estudo de: "O Evangelho Segundo Espiritismo"

Quinta-feira: 20h00

- Palestra Pública
- Evangelização Infanto-juvenil

Sabado: 16h00

- Estudo de: "O Livro dos Espíritos"

Domingo: 09h00

- Palestra Pública

Mensagens Antigas

PAIS
Um sábio conselho
RECOMECEMOS
Caridade e razão
Ante o Livre Arbítrio

Para Refletir

"Quando te sintas em abandono, aparentemente desamparado e sem amigos, sob sofrimentos e angustias, pensa em Jesus, e jamais experimentarás a solidão."


"Ninguém pode oforecer paz ao mundo, se não a desenvolve no próprio âmago, no próprio mundo íntimo."


Você é o visitante N.º: 34587

CECB - Centro Espírita Caminheiros do Bem - Campo Mourão - Paraná - Brasil